Belo Horizonte lança seu plano de gestão de resíduos com a meta de reciclar 15 % do resíduo total


A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), lançou nesta quinta-feira, dia 30/3, a versão final do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de Belo Horizonte (PMGIRS-BH).
Os trabalhos de elaboração do PMGIRS-BH tiveram início em outubro de 2014, quando foram criados o Comitê Diretor e o Conselho Consultivo. Desde então, foram várias etapas, contemplando o diagnóstico dos resíduos sólidos, a identificação das possibilidades de gestão associada e o planejamento das ações.

O plano é um instrumento complementar ao planejamento estratégico para a cidade e demais instrumentos de planejamento urbano, que determinará as diretrizes e ações, em um horizonte de 20 anos, para o manejo ambientalmente adequado e sustentável dos resíduos sólidos e para a educação ambiental e mobilização social.

 

Destacamos algumas metas do plano:

  •  Ampliar a reciclagem de resíduos urbanos de 1% para 15% do total coletado.
  • Implantação de sistema que permita a rastreabilidade do fluxo dos resíduos
  • Otimização do controle da fiscalização dos planos de gerenciamento de resíduos sólidos e do sistema público de serviços extraordinários de coleta de resíduos gerados por grandes geradores
  •  Estimular a criação usinas de beneficiamento na RMBH
  • Implantação de alternativas de tratamento de resíduos orgânicos
  • Negociação com os setores relacionados à logística reversa, visando o ressarcimento pelos serviços prestados pelo município
  • Exigência de PGRSE de áreas receptoras de resíduos de logística reversa

 

O PMGIRS prevê também de onde pode vir os recursos e financiamentos para custear a implantação das medidas prevista no plano. Acesso o documento na integra clicando aqui.

Horizonte dos Custos da gestão dos resíduos em BH